terça-feira, 21 de maio de 2013

Brunello di Montalcino Ugolaia 2006. Um Brunello Top!


A DOCG Brunello di Montalcino, originou-se da feliz tentativa de um fazendeiro em plantar as melhores cepas de Sangiovese para criar uma cepa - Brunello (Sangiovese Grosso) capaz de produzir vinhos encorpados e com potencial de envelhecimento. Uma espécie de clone de si própria, já que  a Sangiovese não possui lá muita estrutura . A uva mãe da Toscana, aqui ganha super caráter, torna-se uma super -uva.

O Brunello é um vinho Toscano que possui algumas regrinhas básicas por fazer parte de uma DOCG. É o vinho que mais precisa envelhecer: mínimo de 4 anos obrigatório, sendo ao menos 2 anos em carvalho, e pelo menos pelos 4 meses em garrafa, não pode ser colocado para consumo antes de 1 de janeiro do ano sucessivo ao término de cinco anos calculados considerando o ano da safra, ou seja, só após 5 anos da sua colheita estará disponível para venda. Muito importante neste estilo de vinho também, é a escolha do produtor.

Provei recentemente um Brunello Di Montalcino muito bom, da Azienda Agraria Lisini, o Ugolaia 2006. Essa safra especialmente tem muitos prêmios importantes:
Tre Bicchieri - Gambero Rosso,
95 pts no Wine Advocate,
5 Grappoli AIS

Bom, com premiações tão importantes assim, não precisa nem frisar muito que trata-se de um vinho excepcional. Muita fruta escura, toques herbáceos, húmus e caramelo. Taninos potentes em perfeito equilíbrio com a acidez. Final de boca bem persistente. Gostaria de pedir bis!!! Mais trata-se aqui de um vinho não muito baratinho, sendo assim, ficarei algum tempo somente com a lembrança.


Perfeito para acompanhar um risoto de carne ao sugo!


Já faz quase 1 mês que eu provei este vinho, porém não poderia deixa-lo passar assim, despercebido. Guardei a garrafa então para poder registra-la. Acho ainda que sentirei pena em me desfazer dela. O bom é
que o Ugolaia é importado pela Interfood: www.interfood.com.br.Referente a disponibilidade da safra, informe - se com o importador.

Deixo hoje vocês com um grande abraço e uma forte sensação de Brunello!

Boa Noite,

Vanda Meneguci.